26.3.15

Liberte um livro


Luma, mais uma vez vem magnificamente à frente deste projeto tão simples e tão necessário. 
Para quem não conhece, ela explica como é fácil auxiliarmos com nosso quinhão em prol da "Nação Educadora".
Depois de lidos, nossos livros ficam juntando pó na estante, enquanto tanta gente gostaria de saboreá-los. Devido à quantidade de livros lançados a cada ano, dificilmente voltaremos a um livro já terminado. 
O ato de acumular exemplares, num apego estranho, é nocivo e precisamos exercitar a separação sadia da palavra escrita que almeja pular até novos leitores.
Marque a data, use a criatividade para participar e vá ao blog da Luma deixar seus créditos - é delicioso espreitar alguém tocando, folheando e levando seu antigo livro.