30.6.17

Micro-ondas e achismos

Resultado de imagem para imagem micro-ondas
Um eletrodoméstico tão polêmico e tão versátil... A sua forma de ação, assim futurista, libertou muitos fantasmas por aí.
Será que faz mais mal que aparelho celular? Será que ambos são inocentes? O que a ciência prova?
Este texto do Chris Kresser já tem dois anos; é elucidador e recheado de links para estudos científicos!

As ondas do rádio são as mesmas do micro-ondas, que agitam moléculas de água e geram aquecimento. Um prato de alimentos sólidos aquece mais rápido que um prato de sopa. 
Não há evidências de que seja maléfico, causando deterioração do alimento. Se um dia a ciência o condenar, então será outra história. Nenhuma fábrica de eletrodoméstico está a fim de sofrer indenizações.
Escapar as ondas do aparelho por frestas seria um risco? Uma precaução é afastar-se do aparelho após ligá-lo,  pois as ondas se dissipariam rapidinho, caso o escape ocorresse devido a avarias.
A mesma precaução vale para seu aparelho celular. Deve ficar o mais longe possível do corpo, pois o princípio radioativo é exatamente o mesmo.
O homem das cavernas não se expunha a radiações? O espaço sideral envia-nos ondas constantes; atualmente apenas expandimos esse leque.
Vai tornar as proteínas tóxicas? Qualquer aquecimento modifica o alimento, assim como o ácido estomacal.
Destrói nutrientes? Depende da temperatura usada, o tempo de cozimento e quantia de água (se for descartada), assim como no cozimento convencional. 
Uma salada crua é mais rica que uma sopa, porém a sopa apresenta digestibilidade maior - a absorção da sopa será então melhor. Usar o líquido de cozimento para compor uma sopa é boa ideia.
O ideal é cozinhar majoritariamente no fogão convencional e aquecer as sobras ao micro-ondas, e não aquecer por tempo demasiado - colocando no prato apenas o que será ingerido, sem novas sobras. 
O problema maior ainda está no calor. Entre aquecer com praticidade e "pinchar" as sobras no lixo por preguicinha de lavar panela, e comer uma porcaria embalada, fique com o micro-ondas!
Ah! Deixar aberto um pouco após o uso, evita corrosão por umidade. E pode-se esterilizar panos de prato nele (e utensílios domésticos), fervendo com detergente.